Erros e recuperação de desastres no WordPress
em WordPress

Erros e recuperação de desastres no WordPress

Pode até parecer para você que não existem erros na sua instalação do WordPress. Erros e recuperação de desastres no WordPress não são coisas complicadas.

Mas só porque eles não aparecem, não significa que não estão ocorrendo! Saber algumas dicas sobre erros e recuperação de desastres no WordPress pode ajudar.

Começando pelo básico

Se estiver tudo como deveria, existe um arquivo chamado error_log, na raiz do seu web site. Lá se encontram os segredos (erros) de todos os tipos aos quais o sistema está configurado para logar (gravar, guardar).

Até percebi que os arquivos de logs sumiram logo após uma recente atualização do WordPress, porém retornaram antes de eu finalizar este post. São muitos anos de WordPress e confesso que nunca tinha visto isso. Ainda, fiquei mais preocupado porque ninguém falou a respeito.

É uma boa prática analisar o conteúdo deste arquivo com frequência. Se estiver sempre vazio, ou você está fazendo um excelente trabalho ou alguém não está gravando os dados de erros como deveria.

Pode ser necessário contactar o provedor de hospedagem, se o problema não for exclusivo seu, talvez não seja necessário passar aos passos abaixo.

Como prevenir erros no WordPress

  • Utilizar uma boa empresa de hospedagem;
  • Sempre atualizar seu WordPress;
  • Cuidar com os temas;
  • Cuidar com os plugins;
  • Manter backups regulares;
  • Manter o registro de atualizações e coisas novas que você instale;
  • Deletar plugins antigos e desativados, e temas que não estiver utilizando;

Deu pau no WordPress, e agora?

  • Verifique as últimas atualizações;
  • Verifique se o problema é o tema que você está utilizando;
  • Confira se a hospedagem está online;
  • Desative todos os plugins, se voltar, vá reativando um por um para descobrir o problema;
  • Widgets também podem causar transtornos;
  • Aumente a quantidade de memória no PHP, 256MB deve ser sempre suficiente, isso pode ser feito de diversas maneiras, no painel de controle tipo cPanel, no arquivo wp-config.php, no arquivo php.ini ou até no .htaccess, dependerá da sua hospedagem;
  • Ative o debug para observar os erros;
  • Olhe os logs para fazer alguma auditoria;
  • Não consegue acessar o /wp-admin, tente então entrar pelo FTP e renomear a pasta dos plugins;
  • Verifique a versão do seu PHP, se ela foi alterada para uma versão mais nova, algumas coisas podem deixar de funcionar, e depois de voltar algumas versões para trás, descubra onde está o problema e avise ao desenvolvedor do plugin ou tema;

Continua bichado

  • Será que você não foi hackeado?
  • A hospedagem está aguentando o tranco?
  • Não está recebendo uma grande quantidade de tráfego?
  • Dê uma olhada no banco de dados, na tabela wp_users, se existir algum usuário que não deveria estar lá, pode indicar uma invasão;
  • Um erro comum é o arquivo .htaccess corrompido, você pode tentar renomear o mesmo e ao acessar mandar ele ser recriado;
  • Se tiver sido invadido pode ser necessário atualizar todos arquivos do core do WordPress;
  • Já vi algumas empresas de hospedagem mudarem a permissão de arquivos, isso pode causar problemas eventualmente;
  • Se é apenas o modo de manutenção é fácil, primeiro remova os arquivos de manutenção, normalmente o arquivo .maintenance que fica na raiz do site;

Recuperei o acesso, e agora?

  • Tente reativar os plugins um por um;
  • Tente reativar o tema se for o caso;
  • Utilize um plugin para melhorar a sua segurança;
  • Da mesma forma para fazer backups externos;
  • Mantenha uma verificação de vírus, malware e backdoors e outras brechas frequente;
  • As atualizações automáticas também podem causar erros, se encontrarem alguma coisa incompatível;
  • Tenha sempre a mão os dados de contato da empresa que desenvolveu seu web site;
  • Saiba sempre quem hospeda o seu site;

Se estiver passando por problemas deste tipo, erros e recuperação de desastres no WordPress, entre em contato, podemos ajudar!

Gustavo Tagliassuchi

Gustavo Tagliassuchi é um estudioso da web e seus desdobramentos, empreendedor, especialista em desenvolvimento de software para web, pesquisador, escritor, professor, marketeiro, blogueiro, consultor e entusiasta do WordPress.

Publicar Comentário